top of page
  • michellesousa350

Brasil Cachaças abre hoje primeiro dia de seminário e feira e segundo dia de rodadas de negócios


Sucesso. Foi essa a avaliação da organização do primeiro dia do II Seminário e Feira de cachaças do Brasil. O evento começou com rodadas de negócios pela manhã no Espaço Cultural e foi aberto oficialmente à tarde com uma festa flutuante na praia do Jacaré reunindo palestrantes e expositores.


“A gente conseguiu trazer produtores de mais de dez Estados brasileiros e agora esperamos a presença do público na visitação à feira das 15h às 21h nesta sexta e sábado no Espaço Cultural”, declarou Fernanda Melo, organizadora do Brasil Cachaças. A estimativa é receber mais de 4 mil pessoas até amanhã, dia 22/10.


Dentro do espaço da feira de cachaças à tarde, vários eventos vão acontecer como painéis científicos da UFPB, Oficina de Drinks do Senac e a primeira etapa do com concurso de drinks com Mestre Derivan Ferreira.


SEMINÁRIO


A programação desta sexta (21/10) já começa pela manhã com a abertura às 8h do seminário. A primeira palestra traz o professor André Ricardo Alcarde falando sobre metodologia para determinar o grau de envelhecimento da cachaça. Ele é Engenheiro Agrônomo, Mestre e Doutor pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP.


Logo em seguida, o tema Magia da Fermentação será abordado pelo consultor nas indústrias de alimentos, bebidas e bioprocessos João Scavuzzi; A Sommelier de Vinhos e Cachaça e Consultora de Bares e Restaurantes Jessica Sanches vai trazer ao seminário o instigante tema da ‘​​Mixologia e drinkologia, será o futuro da cachaça?’.


Fechando a programação da manhã, uma Mesa Redonda sobre a Tributação da Cachaça com o advogado tributarista Felipe Crisanto e o Procurador da Fazenda Nacional Yuri Excalibur sob a mediação do diretor executivo do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), Carlos Lima.


RODADAS DE NEGÓCIOS


Depois de uma estreia dinâmica e bem sucedida, produtores e compradores do Brasil e exterior voltam a se reunir hoje pela manhã em novas rodadas de negociação. Na parte internacional, a rodada foi idealizada para ser uma primeira ação exportadores de empresas que ainda não exportam.


Para o diretor executivo do IBRAC, Carlos Lima, o primeiro dia trouxe uma avaliação positiva. “As empresas se mostraram preparadas para participar, os empresários que vieram ficaram muito impressionados com a qualidade das cachaças apresentadas e a diversidade de produtos e Estados presentes”.


De acordo com o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq-PB), Roberto Germano, a entidade é responsável pela capacitação dos produtores na área de exportação. “Esse é um programa da ApexBrasul que é conveniado com o Governo do Estado através da Fapesq para desenvolver esse trabalho de formação de toda a cadeia no Nordeste”.


O Brasil Cachaças é um evento patrocinado pela prefeitura de João Pessoa e tem como parceiros colaborativos o Governo do Estado da Paraíba, Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq-PB), Fecomercio-PB, Sebrae-PB, prefeitura de Cabedelo, Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), Associação Paraibana de Produtores de Cachaça de Alambique (ASPECA) e Associação de Produtores de Cachaça de Areia (APCA).


Mais informações e ingressos:

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page