top of page
  • Foto do escritorThayna Chaves

Brasil Cachaças atrai 4 mil participantes durante final de semana e tem projeção de R$1 milhão em ne



 

Organizadores já preparam edição de 2024. Para produtores, distribuidores e marcas do setor, evento foi um sucesso

 

 

Depois de três dias intensos com muitas atividades, terminou neste domingo (05) a edição 2023 do Brasil Cachaças. Cerca de 4 mil pessoas se reuniram no Espaço Cultural José Lins do Rêgo durante o final de semana para explorar os produtos e lançamentos de mais de 120 marcas de cachaças de todo o Brasil.

 

Além do grande público, o evento também teve números importantes na geração de oportunidades, com mais de R$ 1 milhão negociados no primeiro dia do evento, durante as atividades da Rodada de Negócios.

 

O sucesso do evento foi tão grandioso que os organizadores do evento já estão em conversas bastante adiantadas com expositores e patrocinadores para a realização do Brasil Cachaças em 2024, demonstrando o impacto positivo e a relevância desse evento para a indústria da cachaça no Brasil.

 

Fernanda Melo, organizadora do evento, enfatizou a importância do Brasil Cachaças: "É o momento de celebrar a autenticidade e riqueza da cachaça brasileira, bem como fomentar a indústria por trás dessa bebida única."

 

E a Paraíba teve um papel de destaque no evento, com estandes de várias marcas locais, além de representantes de regiões produtoras, como a cidade de Areia.

“Essa terceira edição do  Brasil Cachaças teve o patrocínio do Sebrae Nacional, fortalecendo o evento para que a gente possa, cada vez mais, dar apoio aos produtores para que eles possam colocar seus produtos não só na Paraíba mas em todo Brasil e no mundo”, disse o analista técnico do Sebrae/PB, João Bosco da Silva.


Já consolidado como um dos maiores eventos anuais dedicado à cachaça brasileira, celebrando sua cultura e história, além de impulsionar os negócios do setor produtivo, o Brasil Cachaças foi bastante elogiado por produtores, distribuidores, representantes de entidades, sommeliers, profissionais e entusiastas da cachaça de todo o Brasil que participaram das diversas atividades programadas.


“O IBRAC está junto com o Brasil Cachaças apoiando esta iniciativa  desde o primeiro evento. O evento tem uma importância enorme, pois possibilita que os produtores levem seus produtos para consumidores não só da Paraíba mas, também, para outros estados. A Paraíba hoje é o quinto maior produtor de cachaça do país e tem uma importância muito grande dentro no cenário nacional pela qualidade da cachaça produzida aqui”, disse o vice-presidente do IBRAC, Múcio Fernandes.


“O Brasil Cachaças promove a cachaça paraibana para o cenário nacional. Quem vem de fora para o evento conhece a Paraíba e o que ela faz de melhor na cachaça. E, do mesmo modo, a cachaça passa a receber o reconhecimento de todos os grandes produtores do país. A cachaça tem se projetado com o Brasil Cachaças”, disse o Superintendente do Sebrae, Luiz Alberto Amorim.

 

Rodada de negócios



 

Um dos eventos mais esperados pelos participantes do Brasil Cachaças foi a rodada de negócios, que teve início na sexta-feira (03) no Centro de Educação Empreendedora do Sebrae.

 

O principal objetivo do evento foi o de facilitar a conexão entre produtores de cachaça e distribuidores de todo o Brasil. Durante a Rodada de Negócios, as empresas expositoras tiveram a oportunidade de agendar reuniões com compradores e distribuidores interessados em suas marcas, uma plataforma exclusiva para negócios, que geraram negociações que superaram R$ 1 milhão em apenas um dia.

“Nossas expectativas são as melhores para os próximos meses. Foram 27 empresas fornecedoras e cinco empresas compradoras que negociaram em rodadas de negócios que aconteceram durante o evento. Pudemos conhecer melhor o perfil dos fornecedores, o que nos permite incluir esses negócios nas próximas edições do evento e, assim,  direcionar esse fornecedores para um perfil de compradores”, disse o fundador do Rodadas Brasil de Negócios, Carlos Alberto da Silva.


Concurso de Drinks e Estande Perfeito




 

Um dos pontos altos do evento foi a final do II Concurso de Drinks, que teve como tema "Brasilidade - 6 Biomas do Brasil". Além disso, o concurso foi uma celebração à memória e ao legado do Mestre Derivan, um dos ícones da coquetelaria brasileira.

 

O concurso fez jus ao tema e trouxe participantes de todas as regiões do país. Foram 25 candidatos que apresentaram suas ideias, técnica e criatividade. Tudo comandado pela bartender Letícia Macêdo, a Biruta da Terra, responsável pelo trabalho de curadoria e conexão dos profissionais com as marcas.

 

Ao final, nove trabalhos foram para o julgamento final e três foram os ganhadores. O resultado final do concurso foi: em primeiro lugar Javier Ortiz, representando o Engenho São Paulo; em segundo lugar a bartender Jô Drinks, representando a Cachaça Colombina; e em terceiro lugar ficou Jonatan Magno, pela cachaça Estância Moretti.

 

Além do troféu customizado, o grande ganhador levou ainda um prêmio em dinheiro no valor de R$ 1.000,00 e a possibilidade de participar da final do Concurso Ilha Drink 10 anos, que vai acontecer entre os dias 20 a 22 de novembro, em Fernando de Noronha (PE). Além disso, os três finalistas ganharam ingressos  para "Casa dos Bartenders", o maior evento de coquetelaria do Nordeste, que acontece na capital pernambucana.

 

Além do concurso de drinks, o final do Brasil Cachaças ainda teve o anúncio do resultado da eleição do melhor estande da feira, promovido pelo site Cachaciê (http://cachacie.com.br/) plataforma de informações, notícias e negócios do mundo da cachaça.

 

Os vencedores do Concurso Estande Perfeito foram:

 

● Estande Cachaça São Paulo - 1o lugar.

 

● Estande Cachaças de Alagoas - 2o lugar.

 

● Estande Cachaça Preciosa do Vale - 3o lugar.

 

Arte e cultura



O último dia do evento contou ainda com uma linda apresentação em flash mob do Coral Universitário Gazzi de Sá da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) com o maestro Eduardo Nóbrega e do Coral Vox Marias de Brasília, sob a regência de Eduardo Carvalho.

O comediante e humorista Lucas Veloso também participou do evento na noite do domingo (5) com seu show de 10 anos de história. Lucas falou sobre a felicidade de estar presente nesta edição do evento. “É a minha primeira vez no Brasil Cachaças. Já conhecia o evento de nome. Fiquei emocionado e honrado em poder participar de um evento que valoriza um produto que foi criado no nosso país. Estar num evento que reúne as melhores cachaças do país me deixa muito feliz”, disse.


Além de Lucas Veloso, se apresentaram também o cantor Felipe Alcântara, na Festa de Abertura do Brasil Cachaças, na sexta-feira (3) e, no sábado (4), no Espaço Cultural, o músico e ator paraibano, Lukete, com seu show irreverente e sua performance que reúne música, humor e poesia.


O Brasil Cachaças 2023 teve o patrocínio do Sebrae Nacional e Banco do Nordeste do Brasil, com o apoio do Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca e Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq/PB), Prefeitura Municipal de João Pessoa, Instituto Brasileiro de Cachaça (IBRAC), Associação Nacional de Cachaças de Alambique (Anpaq), Federação do Comércio do Estado da Paraíba (Fecomércio/PB), Serviço Social do Comércio (Sesc/PB), Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac/PB), Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (FAEPA) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/PB).



9 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page