top of page
  • michellesousa350

Brasil Cachaças comemora sucesso e confirma evento para 2023 em João Pessoa-PB


A terceira edição do Brasil Cachaças já tem data para acontecer em 2023. Será no primeiro final de semana de novembro, conforme antecipou a organização do evento encerrado neste sábado no Espaço Cultural com um balanço de quase 3.500 visitantes em dois dias de feira.


Produtores, parceiros e expositores presentes também avaliaram de forma positiva a participação. Todos aguardam com expectativa os resultados pós evento, especialmente através das rodadas de negócios nacionais e internacionais.


Na avaliação da organizadora do Brasil Cachaças Fernanda Melo, o evento só fez crescer a cachaça do Brasil. “Isso aqui foi uma união de esforços com todos nossos parceiros colaborativos a quem agradecemos todo o apoio e esforço”.


Para o diretor executivo do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), Carlos Lima, a feira foi um marco para o setor da cachaça. Foram três dias de rodadas de negócios internacionais feitas numa parceria junto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). “Temos boas perspectivas de negócios. Não conseguimos antecipar agora um número, mas compradores saem da Paraíba impressionados com a qualidade e o preparo das empresas”.


Lima explicou que do lado dos empresários brasileiros, também houve bom feedback sobre a qualidade dos importadores que vieram para a rodada. “A feira em si foi bonita, muitos produtos, público visitando e degustando cachaça”.


O secretário municipal de planejamento José William Montenegro lembrou que o evento uniu gente do mundo. “Ficamos extremamente satisfeitos em apoiar um evento desse tipo. Ele promove a cachaça paraibana, mas promove também a Paraíba e, em especial, João Pessoa para o mundo”.


“Ninguém sabe o limite do alcance de um evento como esse por causa das conexões que são feitas e, quando estamos numa parceria, pensamos juntos. Foi isso que fizemos”, pontuou o diretor técnico do Sebrae, Luiz Alberto.


A Presidente da PBTUR, Ruth Avelino, ressaltou que é preciso ter orgulho e ajudar a diminuir o preconceito em torno desse produto que impulsiona também o turismo paraibano. “Temos a rota dos engenhos da Paraíba que, no Brejo, é uma das mais visitadas no Brasil. São roteiros que movimentam a economia e a gente está aqui para dizer que vamos trabalhar juntos para fortalecer cada vez mais a cachaça”.


“O evento mostrou não só para o Brasil, mas para o mundo o que é a cachaça paraibana”, destacou o Presidente da Associação Paraibana dos Engenhos de Cachaça de Alambique (Aspeca), Múcio Fernandes. Para ele, o Brasil Cachaças superou todas as expectativas na parte organizacional, mas também em relação às rodadas de negócios.


Também para os expositores de fora, a Brasil Cachaças surpreendeu positivamente. Foi o caso de Rosângela Moretti, da Cachaça Moretti do Paraná. “Achei o evento espetacular, organizado e com boa receptividade. Muita gente não sabia que o Paraná fazia cachaça”, comentou ela que trouxe seis rótulos diferentes, entre eles, a 4 Madeiras, considerada a segunda melhor cachaça do país pela Cúpula da Cachaça.


FINAL DO CONCURSO ANIMA A FEIRA

Para coroar o sucesso, o encerramento da Brasil Cachaças trouxe a final do concurso de drinks e movimentou expositores e público visitante em frente à Cachaçaria Senac. Mestre Derivan Ferreira, um ícone da coquetelaria nacional, comandou o show, dando uma aula sobre a cachaça, distribuindo batidas e rabo de galo.

Três bartenders concorreram na final, representantes das cachaças Matuta, Preciosa do Vale e São Paulo. O vencedor foi Eduardo Oliveira que fez o drink 1972, usando a cachaça Preciosa do Vale Umburana, purê de Tamarindo, Xarope de menta, limão e gelo.


O segundo lugar ficou com o bartender Javier Ortiz, com o drink Jabutiringa feito com a Cachaça São Paulo carvalho. E em terceiro, Letícia Biruta que fez o drink Poesia Tropicana com a cachaça Matuta.


Mestre Derivan Ferreira disse que se sentiu orgulhoso com os bartenders participantes. “Todos mostraram talento, falaram com o público, com os jurados, foram desinibidos e extremamente profissionais. Levo comigo no coração muita coisa boa”.


ARRECADAÇÃO


Todos os alimentos não perecíveis arrecadados com o ingresso social da feira foram entregues na manhã desse domingo a duas instituições que abrigam idosos. Foram elas a Vila Vicentina no bairro da Torre, em João Pessoa; e a Associação Metropolitana de Erradicação da Mendicância (AMEM), em Cabedelo.


O Brasil Cachaças foi um evento patrocinado pela prefeitura de João Pessoa e tem como parceiros colaborativos o Governo do Estado da Paraíba, Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq-PB), Fecomercio-PB, Sebrae-PB, BNB, prefeitura de Cabedelo, Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), Associação Paraibana de Produtores de Cachaça de Alambique (ASPECA) e Associação de Produtores de Cachaça de Areia (APCA).


88 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page