top of page
  • michellesousa350

Começa nesta quinta (20/10) em João Pessoa o II Brasil Cachaças


- Feira, seminário, Rodadas de negócios, concurso de drinks, encontros, oficinas e painéis científicos integram programação paralela e oficial do evento.



Promover a cadeia produtiva com exposição e comercialização de produtos e serviços, além de difundir e aproximar o produtor, produto e público para um consumo consciente. Esses são alguns dos objetivos do II Seminário e Feira de Cachaças do Brasil que começa hoje no Espaço Cultural em João Pessoa e vai até o próximo sábado, dia 22. A visitação do público está aberta nesta sexta e sábado das 15h às 21h.


O Brasil Cachaças está trazendo à Paraíba alguns dos especialistas mais respeitados no assunto, assim como uma feira contendo pelo menos 60 rótulos de cerca de 10 Estados brasileiros desse destilado, um dos mais consumidos no mundo.


“Os caminhos da cachaça trazem para nós história, cultura, desenvolvimento e nos impulsiona para um futuro cada vez mais promissor”, revela Fernanda Melo, especialista no assunto e organizadora do Brasil Cachaças.


Um dos caminhos a que ela se refere é a exportação. E a programação do evento inclui nos três dias às 9h00 rodadas de negócios internacionais e nacionais em salas separadas com o objetivo de aproximar os produtores de compradores do Brasil e Exterior.


As rodadas internacionais serão realizadas numa ação exportadora promovida pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção às Exportações e Investimentos (ApexBrasil). Já confirmaram participação sete importadores internacionais e 27 empresas brasileiras que ainda não exportam a cachaça, entre elas, produtores paraibanos.


O primeiro dia do evento também será marcado pela festa flutuante de abertura a ser realizada em três embarcações tipo Catamarã na praia do Jacaré a partir do famoso pôr do sol ao som do bolero de Ravel, contendo ainda um _talk show_ sobre a civilização do açúcar, degustação de cachaças e música ao vivo.


O Brasil Cachaças é patrocinado pela prefeitura de João Pessoa e tem como parceiros colaborativos o Governo do Estado da Paraíba, Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq-PB), Fecomercio-PB, Sebrae-PB, Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), Associação Paraibana de Produtores de Cachaça de Alambique (ASPECA) e Associação de Produtores de Cachaça de Areia (APCA).


PÚBLICO VAI PODER VISITAR A BRASIL CACHAÇAS A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA


Qualquer pessoa acima de 18 anos vai poder visitar a feira Brasil Cachaças das 15h às 21h na sexta (21/10) e sábado (Os ingressos estão disponíveis no site brasilcachacas.com.br ou no local do evento, no valor social de R$ 15,00 mais um quilo de alimento não perecível. 22/10).


A expectativa da organização do evento é atrair cerca de 5 mil visitantes nos três dias do evento, incluindo as programações paralelas do Seminário, Rodadas de Negócios, Concurso de Drinks e encontros de Associações de produtores e confrarias.


Entre as atrações da feira também vai estar a beleza dos estandes enfatizando o tema cachaça, as degustações desse destilado genuinamente brasileiro, além da Praça da Alimentação com foco nas comidas regionais a serem harmonizadas com tantos rótulos e seus sabores.


A Feira de Cachaças do Brasil vai ocupar uma área de 2.400m² na praça do povo do Espaço Cultural e vai reunir em torno de 85 expositores, entre produtores de cachaças, insumos e parceiros técnicos como Agência Brasileira de Promoção a Exportação (APEX), SEBRAE-PB, IBRAC e Associações de Produtores.


De acordo com a organizadora do evento Fernanda Melo, a feira vai ter também estandes de serviços e insumos como garrafeiras, rótulos, alambiques, dornas e barris. Quanto às cachaças, serão estarão sendo expostos em torno de 60 rótulos, sendo 24 de produtores da Paraíba. E ainda cachaças de Pernambuco, Alagoas, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


“Certamente será uma excelente oportunidade de conhecer cachaças de qualidade de diversos estados do Brasil, além de todos os valores sensoriais, históricos, culturais, sociais, econômicos da única bebida genuinamente brasileira com consumo responsável”, detalha Fernanda Melo.


Programação e ingressos:



29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page