top of page
  • Foto do escritorThayna Chaves

Geração de negócios e impacto na mídia marcam o Brasil Cachaças 2023




Organização do evento comemora números positivos e garante edição ainda maior em 2024


Realizado em novembro deste ano, em João Pessoa (PB), a terceira edição do Brasil Cachaças gerou resultados impactantes além de promover toda a cadeia produtiva da cachaça. Durante três dias, palestras, workshops, concursos e visitações reuniram mais de 4 mil pessoas no Espaço Cultural José LIns do Rêgo para explorar os produtos e lançamentos de mais de 120 rótulos de cachaças de todo o Brasil, consolidando-se como um marco na difusão da cultura e tradição desse genuíno destilado nacional.


Segundo dados da organização, a Rodada de Negócios revelou números impressionantes, com mais de R$1 milhão em negociações. Um verdadeiro sucesso, conforme destacado por 75% das empresas participantes, que afirmaram que o Brasil Cachaças superou suas expectativas. E 100% delas esperam fechar compras e vendas nos próximos três meses, demonstrando o impacto positivo a longo prazo gerado por essa iniciativa.


“Fiquei muito feliz em participar desse momento único e de estar com pessoas altamente capacitadas do Brasil inteiro para falar sobre cachaça, compartilhando seus conhecimentos com todos nós, produtores, para que, desta forma, cada vez mais a cachaça se torne um produto de excelência”, disse Maria Júlia Baracho, diretora executiva da Cachaça Triunfo.


Para as marcas participantes, o Brasil Cachaças foi uma oportunidade de apresentar seus produtos a um público qualificado e de fechar novos negócios. "Esse tipo de evento, principalmente aqui na Paraíba, é muito importante para nós, porque conseguimos difundir a cachaça paraibana para todos os estados do país”, disse Murilo Vilela, da Cachaça Nobre. “Para nós, que somos um pequeno engenho aqui do Estado, o evento possibilita muitas oportunidades por nos permitir mostrar o nosso produto para um maior número de pessoas”, completa.


Mas a importância do evento não se limitou apenas aos números de negócios. Com um alcance significativo na mídia, o evento obteve mais de 230 veiculações em TVs, rádios, jornais e portais de notícias de todo país, atingindo um público de aproximadamente 2,3 milhões de pessoas durante mais de 5 meses de divulgação do Brasil Cachaças.


O sucesso do evento não só impulsionou a indústria da cachaça no país, mas também fortaleceu sua presença na mídia, consolidando-se como um marco anual para os entusiastas, produtores e empresas do setor.


"Ficamos muito satisfeitos com os resultados da divulgação do Brasil Cachaças e agradecidos pela parceria com os veículos de comunicação, não só da Paraíba, mas de todo o Brasil. Essa abrangência demonstra a relevância do evento e o interesse do público em conhecer e participar desse universo tão importante para a cultura e economia do país", explica Leandro Ramalho, diretor de Atendimento da Pauta Comunicação, agência responsável pelo trabalho de RP e Assessoria de Imprensa.


Segundo ele, “os bons resultados na imprensa refletem o comprometimento da equipe, engajamento dos órgãos e entidades parceiros e, principalmente, o valor e a riqueza desse setor para o mercado brasileiro”.


Edição em 2024 - Devido ao grande sucesso, a organização do evento já prepara a próxima edição, que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de outubro de 2024, e promete ser ainda maior.


Fernanda Melo, curadora e organizadora do Brasil Cachaças, comemorou a realização do evento. "Estamos emocionados com o êxito, não apenas na movimentação econômica, mas também na promoção da cultura da cachaça. Esses números refletem o compromisso com o setor, cumprindo nossos objetivos de aproximar produtores, consumidores e impulsionar o mercado de forma sustentável”, disse.


O Brasil Cachaças 2023 teve o patrocínio do Sebrae Nacional e Banco do Nordeste do Brasil, e contou com o apoio do Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca e Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq/PB), Prefeitura Municipal de João Pessoa, Instituto Brasileiro de Cachaça (IBRAC), Associação Nacional de Cachaças de Alambique (Anpaq), Federação do Comércio do Estado da Paraíba (Fecomércio/PB), Serviço Social do Comércio (Sesc/PB), Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac/PB), Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (FAEPA) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/PB).

9 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page